Doberman

O Doberman é muito conhecido por conta de uma das suas características mais marcante: o sentido de alerta.

Por esse motivo, ele foi e ainda é bastante utilizado como cão de guarda.

Mesmo nesse sentido, ele é um cachorro que se apega com facilidade a família e é bastante leal.

Logo, acaba por se tornar uma ótima companhia, mesmo que a sua aparência em um primeiro instante cause espanto.

No entanto, não podemos negar que esse cachorro precisa de adestramento para que não se torne violento.

Descrição da raça Doberman

O Doberman é um cão de grande porte, onde a sua altura varia de 61 a 71 centímetros.

Como consequência, é um cachorro que tem bastante força e disposição, tornando-se necessário a prática de atividades físicas.

Além disso, por conta do seu tamanho, ele é mais ideal para ambientes espaçosos ao invés de apartamentos, por exemplo.

Isso porque, quando não há espaço suficiente para que ele se exercite, é normal que apresente um comportamento mais irritável.

Por outro lado, quando há esses simples cuidados, juntamente com um bom treinamento, ele se mostra bastante inteligente, protetor e afetuoso.

Além disso, ele é ideal para donos que não querem ter trabalho com banho, tosa e escovação frequente.

História do Doberman

Essa é uma raça nova, que surgiu na Alemanha, mais ou menos no ano de 1890.

Ele bichinho criado por um cobrador de impostos chamado de Karl Friedrich Louis Doberman.

Como você já deve ter percebido, esse cachorro recebeu o seu nome em homenagem ao dono.

A intenção nessa criação era ter um animal de grande porte, capaz de acompanhá-lo durante a execução das suas atividades.

Desse modo, o objetivo era que o cachorro fosse capaz de proteger o dono enquanto ele batia de porta em porta.

Mesmo não sabendo ao certo quais raças deram origem ao Doberman, acreditam-se que foi uma mistura de Pastor Alemão, Rottweiler, Weimaraner, Pinscher, Greyhound e Terrier.

A ideia era ter um cão forte, inteligente, rápido, leal, corajoso e confiável, exatamente tudo que essa raça é.

Características do Doberman

É muito fácil reconhecer um Doberman por conta das suas características marcantes.

Cores e pelagem

O pelo desse cão é curto, liso, duro e grosso, que pode apresentar-se em 4 cores:

  1. Preto;
  2. Azul;
  3. Vermelho;
  4. Fulvo.

Mesmo que essas sejam as cores predominantes, é possível se observar ainda alguns traços de ferrugem nos olhos, bochecha, pernas, garganta, testa, cauda e focinho desse animal.

Temperamento

Apresentando-se de maneira elegante e musculosa, o temperamento dele é bastante agradável e inteligente.

Inclusive, sendo considerado um dos cães mais obedientes e com grande inteligência para aprender novas habilidades e comandos.

Além disso, ele é legal, protetor, feroz e bastante resistente, por isso é muito usado para regaste, busca e serviços militar.

Isso não significa que ele não seja brincalhão, pois quando está em família tudo que ele deseja é se divertir.

Esses momentos são ideias para que ele consiga gastar toda a sua energia, que é muita.

Comportamento

O temperamento desse bichano depende muito da criação que ele teve, assim como todos os cachorros.

Quando bem adestrados, eles se mostram carinhosos, educados e obedientes ao seus donos.

Em contrapartida, não espere o mesmo tratamento com estranhos, pois ele é um cão desconfiado e age com bastante cautela na presença de desconhecidos.

Esse tipo de comportamento surge até mesmo quando ele é bem treinado.

Logo, o processo de socialização deve ser feita de maneira intensa quando filhote.

Desse modo, você não terá grandes problemas quando ele chegar na fase adulta.

Quando o assunto é amizade com outros animais, o Doberman não consegue ser muito sociável, por isso evite esses contatos, principalmente se for um cão da mesma raça.

Estamos falando também de um cachorro que pode ser bastante destruidor.

Isso porque, ele é energético e ativo, precisando bastante de atividades físicas para viver bem.

Cuidados com o Doberman

O Doberman parece um cão saudável e forte, coisa que ele realmente é, mas os cuidados sempre são necessários.

Atividades físicas

É preciso bastante atividade física para que esse cachorro viva bem, então coloque-o sempre para se movimentar.

Adestramento

Para evitar problemas de mal comportamento e desobediência, o recomendado é que você adestre o seu bichinho.

Isso é bom porque essa é uma raça que gosta de aprender coisas novas.

Logo, exercitar a inteligência vai ser algo positivo não só para você, mas também para ele.

Dentes

O recomendado é que você escove os dentes do seu animal de estimação semanalmente, evitando assim problemas bucais.

Saúde

Como toda raça, existem alguns problemas de saúde comuns para esse bichano.

Coração

Não é raro que esse cão apresente problemas no coração, que é bem comum entre animais de grande porte.

Sangue

Existe o risco de hemorragia por conta da doença de Von Willebrand, considerado um problema causado por conta da falta de proteínas.

Nessa realidade, o recomendado é que você leve seu Doberman para consultas periódicas ao veterinário.

Preço

Se você quer adquirir um Doberman saiba que é necessário desembolsar uma boa quantia.

Isso porque, o preço desse cachorro varia entre R$ 900,00 até R$ 7.000,00.

Assim, vale a pena pesquisar e procurar por aquele que esteja mais de acordo com seu bolso.

Curiosidades do Doberman

Existem algumas curiosidades interessantes sobre esse bichano:

  • Participações no cinema – essa raça já fez participações em filmes, como o Operação Zodíaco;
  • Soldados na guerra de Okinawa – por conta do seu instinto protetor e força, eles foram extremamente relevantes na guerra de Okinawa.

Conclusão

Como visto, o Doberman não é um cão para qualquer dono, é preciso que haja treinamento e respeito para com as suas necessidades. Assim, ele se tornará um fiel companheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *