Pug

Sem sombra de dúvidas o Pug é uma das raças de cachorro mais engraçados e fofas que existem.

Além disso, eles são super companheiros, gostam de atenção e são bastante carinhosos.

Desse modo, conheça um pouco mais sobre esses pequeninhos abaixo.

Descrição da raça Pug

O Pug é bastante fiel ao seu dono, tornando-se até mesmo um companheiro inseparável, já que ama ficar no colo.

Por esse motivo, ele é capaz de lhe seguir por qualquer lugar, até mesmo sem ser convidado.

Além disso, trata-se de uma raça bastante amigável, sendo considerado um dos cães mais dóceis.

Outra descrição bastante importante sobre os Pugs é que eles são sociáveis.

À vista disso, são capazes de se adaptaram rapidamente aos mais diferentes ambientes e pessoas.

Logo, ele não vai estranhar quando alguma visita chegar até a sua casa, por exemplo.

Outro informação importante que faz parte dessa raça é o seu latido, que é muito parecido com o som de um ronco, juntamente com grunhidos.

Quando quer se comunicar com o dono, o som do latino torna-se bastante agudo e longo.

História do Pug

O Pug é uma raça originaria da China, remetendo a dinastia Han nos tempos que ainda não existiam o cristianismo.

Na época, eles eram cães cujo seus donos eram pessoas importantes, como imperadores, que viviam em meio ao luxo.

Inclusive, essa raça era tão importante naquele tempo que tinha até mesmo guardas que eram responsáveis por cuidá-los.

A partir do momento que a China começou a fazer transações comerciais com países europeus, esses cães começaram então a ganhar popularidade no mundo.

E foi na Inglaterra que recebeu esse nome por conta do nariz achatado característico da raça.

Dentro desse contexto, fica evidente que trata-se de uma das raças de cães mais antigas do mundo.

Características do Pug

O Pug é uma raça de cachorro com características muito particulares, o que torna fácil o seu reconhecimento.

Cores

Hoje são reconhecidas duas cores dessa raça:

  1. Preta;
  2. Variações de abricó, que vai do bege claro até o escuro.

Todavia, é possível ainda encontrar alguns cães dessa raça em outras cores, como:

  • Brancos;
  • Pratas;
  • Chocolate;
  • Albinos.

No entanto, mesmo com essas variações de cor todos tendem a apresentar o focinho e as orelhas pretas.

Temperamento

Como dito anteriormente, trata-se de um cachorro que gosta de companhia.

Assim, estamos falando de um cão dócil, fiel e bastante apegado ao seu dono.

Por esse motivo, gostam de agradar seus donos, tendo o hábito de lamber outros animais, pessoas e até mesmo os objetos da casa.

Aliás, esse temperamento dócil faz com que ele seja uma ótima opção de cão para quem tem criança em casa.

Além disso, ele costuma se habituar facilmente a idosos, estranhos e até outros animais.

É importante ainda ressaltar que essa é uma das raças mais fáceis de adestrar quando iniciado ainda filhote.

Comportamento

Ser dócil não significa obrigatoriamente que é uma raça calma, pois há casos de Pug que são considerados destruidores.

No entanto, não há muito o que se preocupar, pois de forma geral eles apresentam um comportamento estável.

Isso porque, a energia dessa raça é mais evidente quando eles são filhotes.

Isso significa que você deve manter chinelos, almofadas, roupas e demais objetos longe do alcance desse bichinho.

Sem contar que é preciso tomar cuidado para que ele não consuma lixos, moedas e até mesmo papel higiênico.

No mais, após 2 anos, ele tende a se acalmar e essas características de filhotes são deixadas de lado.

Cuidados com o Pug

Se você gostou até aqui do que aprendeu sobre o Pug, é preciso ainda saber que essa raça requer alguns cuidados especiais.

Eles gostam de atenção

Só adote um Pug se você estiver disposto a oferecer muita atenção a esse bichinho.

Isso porque, eles amam colo e gostam de companhia para absolutamente tudo.

Separe um local dentro de casa para ele

O melhor local para se ter essa raça é dentro de casa, já ele não reage de forma positiva a mudanças de temperaturas que são características de locais abertos.

Evite o excesso de banho

Essa raça apresenta o pelo curto, logo não há necessidade de excesso de banho para não causar irritações na pele.

Além disso, limpe sempre as dobrinhas do seu cachorro, evitando assim que haja o acúmulo de sujeira nessa região.

As unhas

As unhas dessa raça crescem numa velocidade impressionante, então é importante que você corte as unhas do seu cãozinho ou delegue essa tarefa para profissionais.

Os olhos

As lesões nos olhos do Pug são bem comuns, então você precisa manter essa região limpa utilizando soro e posteriormente secando.

Saúde

Essa é uma raça que apresenta alguns problemas de saúde, veja abaixo.

Problemas de pele

Toda a fofura que esse cão apresenta pode ser algo ruim, já que as ruguinhas se tornam propensas a causar problemas de pele quando não recebem os cuidados necessários.

Obesidade

Assim como algumas outra raça, esses cachorrinhos apresentam certa tendência a obesidade.

Portanto, é preciso que você tenha total controle da alimentação do seu animal de estimação, para que ele não sofra com esse problema.

Problemas oculares

Alguns problemas mais comuns do Pug são os oculares, como:

  • Entrópio – quando a pálpebra fica invertida, entrando em contato com o globo do olho;
  • Triquíase – quando os cílios crescem em direção ao olho, arranhando o globo ocular;
  • Úlcera – geralmente acontece por conta de lesões no olho.

Preço

Se você interessado pela raça, saiba que o preço do Pug filhote gira em torno de R$ 1.200,00 até R$ 7.000,00, isso levando em consideração os sites mais conhecidos de venda de cachorros.

Curiosidades do Pug

Existem algumas curiosidades bem interessantes envolvendo essa raça.

Popularidade

No ano de 2000 o Pug foi estava entre os 15 cães mais populares do mundo.

Evolução

A estrutura dessa raça sofreu mudanças visíveis, pois antigamente eles tinham as pernas mais longas e não eram tão compactos.

Conclusão

Deu para perceber como essa raça é especial, não é mesmo? Então agora é com você decidir se quer um Pug na sua vida, mas apostamos que sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *